Foto de família leva aluna da Abeu Colégios e moradora de Mesquita à condução da tocha olímpica

Juliane Aguiar conta que sentiu o corpo tremer ao saber que havia sido selecionada para percorrer 200 metros com o símbolo dos jogos

A jovem de baixa estatura, pele cor de neve e olhos cheios de esperança atende pelo nome Juliane Costa Aguiar, 19 anos. Com sorriso pequeno, ela conta que ser uma das representantes da Abeu Colégios a participar do revezamento da tocha olímpica durante a passagem pelo município de Nova Iguaçu, em agosto, é motivo de satisfação e orgulho.

O primeiro passo para o evento foi aceitar o desafio de entrar no concurso Festival das Escolas da Cola-Cola. Segundo Aguiar, nessa etapa, o professor de educação física Flávio foi mestre. “Ele soube fazer um trabalho de motivação muito bacana com todos os alunos”, elogia. Mas o passaporte só veio com o anúncio dos selecionados pela organização do Festival.

Juliane Aguiar elogia o apoio dos professores

Juliane Aguiar elogia o apoio dos professores

“Quando ouvi meu nome ser anunciado como uma das selecionadas para conduzir a tocha olímpica – Nossa! -, senti meu corpo tremer por inteiro”, conta emocionada Aguiar, que completou o ensino médio na Abeu Colégios Belford Roxo no final de 2015. Ela concorreu inscrevendo uma fotografia que apresentava um momento de pura felicidade com o pai, Primo Aguiar, e a mãe, Jardelina Bueno, durante a Copa do Mundo 2014.

Torcedora do Flamengo, mas sem ser totalmente ligada ao universo do esporte, Aguiar comenta que o tema já está na mesa do café da manhã da família. “Qualquer notícia sobre as Olimpíadas, a minha mãe comenta logo pela manhã, liga, passa WhatsApp. A empolgação é total”, afirma.

Treino na Uniabeu

Treino na Uniabeu

A cada dia é menos um dia para a chegada do grande momento. Aguiar diz viver a fase da ansiedade. “A expectativa é muito grande, porque conduzir o símbolo dos jogos olímpicos tem um significado especial. Esse momento vai marcar a linha da história da minha vida para sempre”, analisa com a alegria estampada na face.

Quem partilha da mesma felicidade é a coordenadora de Esporte da Abeu Colégios, Kárem dos Santos Ferreira. “Eu também estou com a benção dos Deuses Olímpicos”, define o momento. A coordenadora Ferreira abraça a aluna com a satisfação do dever cumprido na formação de uma geração de jovens de talento. “A Abeu Colégios é a vencedora do Festival das Escolas na Baixada Fluminense, com quatro alunas e um professor na condução da tocha!”, finaliza.

Reportagem: Fernando Fraga

Fotos: Rodolfo Walter

Comentários

comentários